Depoimento

Victor Fernandes

“Conheci a MC Graduation através do Mauricio Cabrini, quando ele me apresentou a possibilidade de estudar em uma universidade americana fazendo o que eu mais gosto de fazer, que é jogar tênis. A partir da primeira reunião que tive com o Mauricio, já sabia que o que eu queria fazer era jogar tênis nos Estados Unidos e que devia me preparar da melhor maneira possível. Assim, ingressei em minha jornada de estudos para o SAT e TOEFL e passei a dedicar minha vida aos estudos e ao tênis.

Assim que recebi as notas do SAT e TOEFL, consegui diversas ofertas de bolsas esportivas e assim pude escolher o que era melhor para o meu interesse, a universidade de Tiffin em Ohio. Minha chegada à universidade foi tranquila, porque as pessoas foram atenciosas e hospitaleiras comigo. Relacionei-me bem com o técnico do time e com meus companheiros de equipe, que são de vários lugares do mundo, como Argentina, Bélgica, França, Venezuela, e Estados Unidos. Com colegas de time de todos os lugares do mundo, eu tenho uma visão ampla de diferentes culturas e aprendo com isto, da mesma maneira que eu posso ensinar um pouco da minha cultura a pessoas de diferentes países.

A minha adaptação a treinos e aulas foi bastante tranquila também. As aulas são geralmente no período da manha e os treinos à tarde. Os treinos, em quadras rápidas, são baseados em 2 horas de quadra e 30 minutos de condicionamento físico essencial para o desenvolvimento de um atleta que quer jogar um esporte a nível competitivo em qualquer conferência dos Estados Unidos. As aulas são de excelência e aprendo muito! Os prédios são todos novos e com equipamentos de primeira. Estou cursando Relações Internacionais e também Espanhol e estou gostando muito das matérias que estou fazendo.

As oportunidades que um atleta que vai para os Estados Unidos para jogar algum esporte, na minha opinião, não se compara com um atleta que fica no Brasil. A infra estrutura que uma faculdade americana proporciona a seus atletas pode ainda alimentar o sonho de se tornar profissional assim que graduado. Portanto, a escolha de ingressar a uma universidade americana deve ser levada seriamente. A experiência que eu adquiri com a minha estadia nesses 2 anos nos Estados Unidos me fez amadurecer muito como pessoa e definitivamente ajuda na formação dos meus ideais.”

 

Victor Fernandes, atleta de tênis, Tiffin University, Ohio

Rolar para cima